Albrecht & Roley – Albrecht & Roley (1975)

https://i0.wp.com/img101.imageshack.us/img101/3701/albrechtroley1337916qb3.jpg

Viu uma cópia desta no compartimento do coletor do Goldmine uma vez onde o negociante o descreveu como tendo uma “boa sensação apedrejada”. Huh? Bem, eu não penso que woulda de I usou completamente as mesmas palavras, mas pelo menos sugeriram adequadamente que este não seja nenhum thingy de rádio cristão sappy. Albrecht & Roley são Mike Albrecht e Scottt Roley – o pert das benevolências do nome do último perto de cada álbum nesta etiqueta minúscula. Realmente Alan Moore dentro aqui, também, está jogando o baixo e o banjo em diversas canções. Este é povo acústico claro. Retrate um Jim un-orchestrated Croce ou talvez uma fita do programa demonstrativo por América e por você começ a idéia. As guitarra acústicas de Albrecht e de Roley complementam-se bom dando um som agradável do porão que seja duro de não gostar. Talvez que “o comentário da sensação apedrejada” foi inspirado por mais porão que soa cortes elétricos como o “friso” ou o psych-ish aquoso fase-desloc guitarra “na boa vida”. Reeditado em Hartsong nos anos 70 atrasados com uma tampa diferente. (Ken Scott – arquivista)

Taxa de bocado: 320

Iniciar Download Clique Aqui

https://i0.wp.com/img162.imageshack.us/img162/576/downloadgw0.jpg

Saw a copy of this one in Goldmine collector’s magazine once where the dealer described it as having a “good stoned feel”. Huh? Well, I don’t think I woulda used quite the same words, but at least they adequately suggested that this ain’t no sappy Christian radio thingy. Albrecht & Roley is Mike Albrecht and Scottt Roley – the latter’s name graces pert near every album on this tiny label. Actually Alan Moore is in here, too, playing bass and banjo on several songs. This is light acoustic folk. Picture an un-orchestrated Jim Croce or perhaps a demo tape by America and you’ll get the idea. Albrecht and Roley’s acoustic guitars complement each other well giving a nice basement sound that’s hard not to like. Perhaps that “stoned feel” comment was inspired by more basement sounding electric cuts like ‘Frieze’ or the watery psych-ish phase-shifted guitars on ‘The Good Life’. Re-issued on Hartsong in the late 70’s with a different cover. (Ken Scott – Archivist)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: